Ações

Formação e supervisão

O método para a formação e supervisão é baseado em um processo vivo, que estimula as pessoas a refletirem e as possibilita revisitar pensamentos e sentimentos, muitas vezes, enraizados na prática do dia a dia, para que, a partir do exercício de fazer diferente, possam eleger outras formas de agir e pensar sobre os conteúdos trabalhados. Visa um repertório de procedimentos que estimulam uma convivência mais justa e harmonizada.

Na formação inclui teoria e técnica e na Supervisão a prática.

Como material de apoio é distribuído a apostila, fruto de um trabalho de 11 anos de experiência em Justiça Restaurativa, que contém informações teóricas e exercícios práticos, modelo para implementação, indicações bibliográficas e artigos.

Temas relacionados à Justiça Restaurativa, Educação para a Paz e a  convivência justa e humanizada.

 

Assessoria

Trabalho que visa à consolidação de mudanças institucionais e organizacionais e incorporação de outras ações às políticas corporativas e públicas.

 

Círculos

Realização de Círculos de Construção de Paz para situações especificas.

 

Projetos

Desenvolvimento de programas que tratam questões de violência e conflitos em espaços públicos e de convivência, criando um ambiente mais dinâmico e humano para a realização das atividades previstas para função social destes espaços.

 

Palestras

Temas relacionados à Justiça Restaurativa, a Educação Para a Paz e a convivência justa e humanizada.

 

Consultoria

Trabalho que visa à consolidação de mudanças institucionais e organizacionais e incorporação de outras ações às políticas corporativas e públicas.

A consultoria é desenvolvida a partir de um programa elaborado em diálogo com os interlocutores desta proposta. Neste programa, é detalhado um plano de trabalho, que segue etapas pré-estabelecidas, contando com a expertise do Laboratório de Convivência para a efetividade dos resultados e se concretiza quando estiverem inseridas as demandas apresentadas pelos parceiros.

 

 

ORIENTAÇÕES GERAIS –  pagamentos, restituições, frequência, certificação, direitos autorais e outras diretrizes que norteiam a metodologia pedagógica do Laboratório de Convivência.